AQUI HÁ

terça-feira, 2 de março de 2010

ESTRELA CAÍDA

Eram as mãos e os seios,
era a nave mãe da vida
e os olhos de madrugar...
Era uma estrela caída
toda a noite prometida
para em mim se constelar.

5 comentários:

Paula Raposo disse...

Gostei!! Constelar: um verbo bonito.
Beijos

A Prof disse...

Sempre tão bonito!

Beijo.
Lena

zoltrix disse...

Constelar, v. tr. ( do lat. cum+stellare).
Reunir em formas de constelações, semear de estrelas. | Elevar aos céus; divinizar. ! Ornar de objectos brilhantes, semelhantes a estrelas. | Iluminar superiormente. | espalhar faíscas, fogos, etc.; iluminar.

segundo o JP Machado

Belo!

lau disse...

Finalmente consegui chegar a esta página de poesia que muito me tinha sido elogiada por um dos assiduos seguidores.Sou assumidamente amante de poemas,preenchem me,consolam me as vezes,dão me algumas respostas também.Vou ficar atenta.Adorei o que li.Parabens

j paula ferreira disse...

Assidua....mesmo...bj Lau