AQUI HÁ

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A VENDA DO ISAÍAS

A venda do Isaías
Tem coisas de muitas marcas
Mas ainda tem pupias
E para Abril há silarcas

Vende as coisas mais modernas
Que dão na publicidade
Com as outras mais eternas
E tudo em pé de igualdade

Vai-se ao vinho e ao pão quente
Ao oiro das oliveiras
Vai-se à comida de gente
E às outras parvoeiras

A venda do Isaías
Tem coisas de muitas marcas
Mas ainda tem pupias
E para Abril há silarcas

Era dos homens castelo
Cantavam-se os afazeres
O canto ficou mais belo
Quando entraram as mulheres

Tem um livro de fiado
Para os dias maus da seca
Se chove pago atrasado
Nem que corra Ceca e Meca

A venda do Isaías
Cantinho que eu mais invejo
Porque ainda tem pupias
Bolinhos do Alentejo

Música: João Gil (in Baile Popular)

2 comentários:

Anónimo disse...

café com leite e pupias?
a verificar: http://tialhusaboresacorianos.wordpress.com/2009/04/04/especies-ilha-de-sao-jorge/

Ana disse...

Olá,
Ainda este fim-de-semana trouxe umas pupias, não foram do Isaías, mas foram do Forno de Ficalho.
Um beijinho da prima,
Ana Monge (Aninhas)